carótida

Carótida

O que é o AVC?

Carótida – O AVC, ou acidente vascular cerebral, é o desenvolvimento súbito de sintomas causados pela interrupção da oferta de sangue a uma área do cérebro. Entretanto, os acidentes vasculares podem ser isquêmicos (causados pela oclusão de um vaso sanguíneo) ou hemorrágicos (causados pela ruptura de um vaso sanguíneo).

Como ocorre o AVC? – Carótida

Assim como, os fatores de risco para o desenvolvimento do AVC, podemos citar: envelhecimento, sexo masculino, hipertensão arterial sistêmica, história familiar, fibrilação atrial, tabagismo, sedentarismo, diabetes mellitus e obesidade.

Antes de mais nada, a carótida é uma artéria responsável pela oferta de sangue para o cérebro, localizada no pescoço bilateralmente, estendendo-se ao interior do crânio. A presença de placa aterosclerótica na carótida representa um fator de risco que pode ser tratado, evitando o desenvolvimento do AVC.

Como tratar a doença aterosclerótica da carótida?

Portanto, o diagnóstico da doença aterosclerótica da carótida é realizado pelo exame de doppler. Assim como, o tratamento da doença pode ser efetuado pela cirurgia da endarterectomia ou pela realização da angioplastia.

A cirurgia de endarterectomia da carótida é realizada através da retirada da placa aterosclerótica do interior da artéria, seguida do restabelecimento do fluxo sanguíneo para o cérebro.
A cirurgia de angioplastia carotídea é realizada através do implante de um stent no interior da placa carotídea, seguida de dilatação da mesma, garantindo o restabelecimento do fluxo sanguíneo para o cérebro.

A definição da melhor opção deve ser tomada levando-se em consideração características individuais do paciente.

Talvez você goste de algum desses artigos: